Caiado comenta atos golpistas

A Redação

Foto: Diomício Gomes/O Popular

 

Em entrevista à rádio Bandeirantes, o governador Ronaldo Caiado (UB) afirmou “Não podemos demonizar produtor rural” ao comentar sobre os atos terroristas ocorridos no último domingo (8) em Brasília-DF.

 

Caiado pondera, “Uma coisa que peço neste momento ao governo federal é que, realmente, levante os responsáveis, mas jamais tente rotular, criminalizar, demonizar a figura do produtor rural no Brasil”.

 

Na mesma entrevista, Caiado defendeu “Quero deixar claro que a agropecuária brasileira tem significado, importância e relevância ímpar. É hoje o sustentáculo da economia brasileira”.

 

Afirmou ainda que o comportamento do ex-presidente Jair Bolsonaro foi o “fator mais nocivo” e que levou a prática das vandalizações nos prédios da Praça dos Três Poderes.

 

Finaliza dizendo, “É uma regra normal ganhar e perder. Aquilo que assistimos no domingo foi uma barbárie, expõe o Brasil internacionalmente. Foi criminoso, inadmissível”, afirmou. “O ponto que alimentou a tese de que pudesse ter uma prática criminosa na apuração dos votos levou a essa insurgência maior vista não só do setor [rural], mas de outras profissões também e de vários segmentos da sociedade”.

A Redação

Compartilhe este artigo/matéria
Deixe um comentário