Fábio Tokarski mantém pré-candidatura à Prefeitura de Goiânia pelo PCdoB em meio a disputa interna com deputada Adriana Accorsi PT

A Redação
Postado em: 18 de janeiro de 2024.

Na Trincheira Política – Em meio a movimentações políticas intensas visando as eleições municipais de 2024, o ex-parlamentar Fábio Tokarski, reiterou sua pré-candidatura à Prefeitura de Goiânia pelo Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Em uma entrevista concedida ao Diário de Goiás na terça-feira (09/01), Tokarski destacou a falta de consulta por parte do Partido dos Trabalhadores (PT), que referendou o nome da deputada Adriana Accorsi como pré-candidata, sem a devida consulta aos demais membros da Frente Brasil da Esperança.

 

“O PT convergiu para um nome sem nos consultar. Não haverá imposição de candidatura”, afirmou Tokarski durante a entrevista, ressaltando sua decisão de manter-se na disputa eleitoral mesmo diante da escolha do nome de Accorsi pelo PT. O ex-vereador, ex-deputado e ex-secretário teve seu nome referendado pelo PCdoB no início de outubro, consolidando sua posição como pré-candidato na coalizão partidária.

 

A Frente Brasil da Esperança, composta pelo PCdoB, PT e Partido Verde (PV), representa uma federação partidária com incidência eleitoral nacional. Contudo, as divergências internas em relação à escolha do candidato à prefeitura de Goiânia evidenciam a complexidade das alianças políticas.

 

Enquanto Fábio Tokarski mantém sua postura firme como representante do PCdoB, a deputada Adriana Accorsi, do PT, adota uma abordagem de frente ampla, dialogando com partidos de diferentes esferas ideológicas. Accorsi já estabeleceu conversas com o Partido Social Democrático (PSD), liderado pelo senador Vanderlan Cardoso, que, por sua vez, demonstrou um gesto positivo em relação ao governo do presidente Lula, mesmo tendo apoiado o ex-presidente Jair Bolsonaro em eleições passadas.

 

Adriana Accorsi também trouxe à tona possíveis nomes para a vice-prefeitura, entre eles o empresário Marcelo Baiocchi, presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo. Baiocchi, que tem histórico de apoio a Jair Bolsonaro, agora se vê envolvido em um cenário político no qual a deputada petista busca construir uma coalizão diversificada.

 

As eleições municipais de Goiânia em 2024 prometem ser marcadas por disputas acirradas e estratégias complexas, refletindo a dinâmica da política local.


Foto: Reprodução/Redes Sociais
A Redação

Compartilhe este artigo/matéria
Deixe um comentário