Governo de Goiás instala núcleos paralímpicos no interior do estado

A Redação
Postado em: 24 de abril de 2023.

O Governo de Goiás para desenvolver e impulsionar o paradesporto no estado, iniciou a implantação de núcleos paralímpicos. A primeira etapa de ações do Núcleo de Iniciação ao Esporte Paralímpico de Goiás (NIESPGO) começou com cursos de capacitação e formação para professores. Sete municípios goianos (Inhumas, Cidade Ocidental, Silvânia, Itapaci, Rio Verde, Catalão e Valparaíso de Goiás) foram selecionados para receber o projeto.

 

O Projeto que faz parte da pasta Secretaria de Estado de Esporte e Lazer vai contar com a parceria de sete municípios, oferecendo modalidades do paradesporto para crianças e adolescentes. Profissionais da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel), que trabalham no Centro de Referência Paralímpico de Goiás, ministraram os cursos de capacitação em Inhumas e Cidade Ocidental.


A seleção dos professores de educação física aprovados no processo seletivo do projeto e a parceria com as prefeituras e a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) foram fundamentais para a realização das atividades. Durante os encontros, foram abordados conceitos e metodologias do ensino de modalidades paralímpicas para crianças e adolescentes, como atletismo, bocha e vôlei sentado. As aulas serão iniciadas no segundo semestre.

 

Outras modalidades estão no programa do projeto, como tênis de mesa, futebol de cegos, parabadminton, natação, goalball e basquete em cadeira de rodas. Cada município receberá três esportes, conforme a procura e o perfil dos atletas da região. Além disso, os núcleos irão atender crianças sem deficiência, com o objetivo de difundir e propagar o paradesporto para toda a sociedade, além de proporcionar uma visão inclusiva pelo esporte.

 

Após a capacitação dos professores, a segunda fase da implantação do NIESPGO será a montagem da estrutura com materiais esportivos e a triagem para a captação de alunos junto às escolas. A previsão é que as aulas comecem a ser oferecidas no segundo semestre.

 

Foto: Seel
A Redação

Compartilhe este artigo/matéria
Deixe um comentário