Foto de um jovem de pele branca sorrindo enquanto segura um livro aberto em suas mão, ao seu lado esquerda uma prateleira com vários livros.

Governo de Goiás lança edital com 4 mil vagas do PROBEM

A Redação
Postado em: xx de xxxx de 2023.

O Governo Estadual lançou nesta segunda-feira (08/05), edital de seleção para novos bolsistas do Programa Universitário do Bem (ProBem), da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG). Ao todo, são ofertadas 4 mil bolsas para estudantes universitários em situação de vulnerabilidade social de todos os municípios goianos.

 

O edital poderá ser acessado no site da OVG (www.ovg.org.br) e as inscrições devem ser realizadas de 20 de junho a 07 de julho. Os contemplados vão receber o benefício retroativo a julho de 2023.

 

Para concorrer ao benefício, é necessário que o estudante esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e possua vaga na Instituição de Ensino Superior (IES). Serão ofertadas quatro mil bolsas sendo mil integrais, que correspondem a 100% do valor da mensalidade limitados a R$ 1.500,00, e três mil parciais, que correspondem a 50% do valor da mensalidade, limitados a R$ 650,00.

 

As bolsas concedidas aos estudantes que cursam Medicina ou Odontologia têm seus limites maiores, R$ 2.900,00 para parciais e R$ 5.800,00 para integrais, pois os valores das mensalidades são superiores aos dos outros cursos.

 

ProBem
Criado pelo atual governo, o ProBem amplia a capacidade de atendimento aos mais vulneráveis, trazendo maior segurança ao processo seletivo, elevando a redução das desigualdades sociais por meio do acesso ao ensino superior, além de gerar mão de obra qualificada no Estado de Goiás.

 

Atualmente, o Programa tem 14.244 bolsas ativas e contempla universitários de 233 municípios goianos, em 91 Instituições de Ensino Superior (IES). São estudantes de 72 cursos diferentes. Do total de bolsas, 444 são preenchidas pessoas com deficiência. As mulheres correspondem, na atualidade, a 75% das contempladas pelo Programa.


Foto: Aline Cabral
A Redação

Compartilhe este artigo/matéria
Deixe um comentário