Indústrias em Goiás tem a décima segunda alta consecutiva na produção

Redação
Por Redação 76 visualizações

Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada na última sexta-feira (14/06). A indústria goiana registra crescimento de 12,7%, na comparação com abril de 2023, atingindo a décima segunda alta consecutiva e marcando um acumulado positivo de 11,3% no ano.

As altas mais relevantes do mês foram na categoria de confecção de artigos do vestuário e acessórios, que subiu 224,8%; fabricação de veículos automotores, reboques e carrocerias (95,5%), e fabricação de produtos alimentícios (14,0%). Desses, destaca-se o último, devido ao peso na composição da taxa de crescimento da indústria goiana.

A produção de alimentos foi responsável por 6,79 pontos percentuais do aumento de 12,7% no mês, representando mais da metade do avanço da indústria em Goiás.

A Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF) gera indicadores de produção mês a mês para as indústrias extrativa e de transformação. As informações permitem analisar o nível da produção ao longo do tempo para uma mesma unidade da Federação ou entre unidades da Federação, em diferentes setores de atividade.

Foto: CNI/José Paulo Lacerda
Compartilhe