Procon Anápolis realiza fiscalização em postos de combustíveis da cidade

A Redação

Em parceria com a Agência Nacional do Petróleo (ANP) e o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (INMETRO), o Procon Municipal de Anápolis realizou na última semana verificação da qualidade dos combustíveis em postos do município, verificando se de fato a quantidade vendida é a mesma que sai das bombas.

 

De acordo com a Prefeitura, as visitas não detectaram nenhuma irregularidade, sendo priorizados os postos com histórico de denúncias realizadas pelos consumidores ao Procon. E que as fiscalizações fazem parte das medidas que o órgão executa para garantir segurança ao consumidor.

 

O diretor do Procon Anápolis Wilson Velasco destaca, “As reclamações são sobre a modificação no rendimento do veículo após abastecimento, algum tipo de dano ao motor e consumidores que acreditam que a quantidade abastecida não corresponde ao que entrou de fato no tanque”.

 

Monitoramento de preços

O Procon Anápolis divulgou o primeiro levantamento de 2023 com o preço dos combustíveis verificado em 13 postos da cidade, entre os dias 11 e 17 de janeiro.

 

A pesquisa apontou o custo médio para o litro da gasolina comum (R$ 4,82) e aditivada (R$ 4,95), do etanol (R$ 3,73) e do diesel comum (R$ 5,93) e S-10 (R$ 6,18).

 

Diesel comum, por exemplo, o custo ao consumidor teve a mais baixa oscilação, variando 4,66% (de R$ 4,67 a R$ 5,09).

 

Etanol apresentou a variação mais alta (13,35%), encontrado de R$ 3,52 a R$ 3,99, o que reforça a importância de o consumidor pesquisar antes de abastecer o tanque.

 

Fonte: Prefeitura de Anápolis
Foto: Reprodução/Bruno Velasco
A Redação

Compartilhe este artigo/matéria
Deixe um comentário