25º edição do Fica terá Mostra de Cinema Indígena e Povos Tradicionais

Redação
Por Redação 53 visualizações

A 25º edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica), que tem o objetivo de fortalecer a produção audiovisual feita por pessoas que fazem parte das comunidades e territórios, terá a artista visual, cineasta, escritora, antropóloga e pesquisadora baiana Glicéria Tupinambá, conhecida como Célia Tupinambá, como curadora. A Mostra de Cinema Indígena e Povos Tradicionais é uma das novidades.

Foram selecionados para esta mostra nove filmes, sendo três longas e seis curtas-metragens. O diretor de programação do festival, Pedro Novaes, explica que, apesar de as edições anteriores do Fica terem tido filmes indígenas na mostra principal, esse ano a criação de uma mostra específica é pautada pela necessidade de ampliar a visibilidade e o reconhecimento das produções indígenas e de comunidades tradicionais, como os quilombolas e ciganos.

O Fica será na cidade de Goiás, de 11 a 16 de junho, e é uma realização do Governo de Goiás, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), em correalização com a Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio da Fundação Rádio e Televisão Educativa (RTVE).

Foto: Divulgação
Compartilhe