Aluguel Social convoca 600 mulheres em situação de violência doméstica

Redação
Por Redação 68 visualizações

O Governo de Goiás convocou cerca de 600 mulheres em situação de violência doméstica, para entrega de documentos do Aluguel Social até o dia 25/07. As mulheres moram em 84 municípios goianos.

Entre os documentos que devem ser entregues está o Boletim de Ocorrência, Sentença Condenatória da Ação Penal e Relatório elaborado por assistente social; ou medida protetiva emitida por autoridade judicial. A documentação deve ser anexada por meio do site em até 30 dias.

SITUAÇÃO DE VIOLÊNCIA
O edital para esse público específico permite que o beneficiário viva em município diferente daquele para o qual está se inscrevendo. Essa foi uma evolução da legislação, por entender que as mulheres em situação de violência têm necessidades diferenciadas.

O edital exclusivo para mulheres em situação de violência é mais uma ação do Governo de Goiás de combate à violência doméstica e proteção da mulher e seus filhos. “Com uma moradia segura, a mulher não precisa mais depender do agressor”, afirma o secretário da Infraestrutura, Pedro Sales.

O Aluguel Social é um benefício de R$ 350 concedido por 18 meses. Toda mulher residente em Goiás que tenha os documentos que comprovem a situação de violência pode solicitar inclusão no programa a qualquer momento.

Foto: Edgard Soares
Compartilhe