Hospitais estaduais registram queda em internações por dengue

Redação
Por Redação 70 visualizações

Após registrar, pelo segundo ano seguido, as maiores taxas de ocorrências de dengue no mundo, segundo a Organização Mundial de Saude (OMS), o País vê os casos da doença em queda desde o mês de maio. Em Goiás, esse quadro se reflete também nos Hospitais Estaduais do Centro-Norte (HCN), de Trindade (Hetrin); e de Formosa, em unidades do Governo de Goiás administradas Instituto de Medicina e Desenvolvimento (Imed).

No município de Uruaçu, o HCN registrou, no início do ano, 209 pacientes com dengue. Já em fevereiro, esse número foi de 483 casos. Em março caiu para 293, abril 167, e em maio 121. A unidade segue com enfrentamento contra a dengue e registrou, na primeira quinzena de junho, apenas 19 casos.

No Hetrin, o ano começou com 95 pacientes com dengue, depois subiu para 385, em fevereiro. Em março, 495 casos foram registrados. O mês de abril foi o que teve o maior índice: 617 infectados. Já em maio, houve redução, contabilizando 109 casos a menos que o mês anterior, sendo 508 pacientes com dengue.

Já no HEF, no município do Entorno do Distrito Federal, o início do ano foi marcado por 406 pacientes com dengue. Em fevereiro, esse número saltou para 1.989 casos, atingindo o ápice em abril com 2.626. Em maio, caiu para 1.985 casos.

Foto: Saúde-GO
Compartilhe