Procon Goiás apreende quase 2500 produtos de tabacaria em Anápolis

Redação
Por Redação 31 visualizações

Fiscais do Procon Goiás apreenderam quase 2500 produtos, entre cigarros eletrônicos, vapers e essência, durante operação em uma tabacaria de Anápolis, na quarta-feira (24/04). A empresa foi autuada e tem prazo de 20 dias para apresentar defesa, a estimativa é que o valor total dos itens apreendidos cheguem a R$ 90 mil.

A empresa poderá ser autuada com valor que varia de R$ 754 a R$ 11 milhões, dependendo da extensão do dano, gravidade e faturamento.

PROIBIÇÃO PELA ANVISA

No último dia 19/04, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) manteve, por unanimidade, a proibição dos dispositivos eletrônicos para fumar (DEFs), também conhecidos como cigarros eletrônicos.

A nova resolução endurece o texto de 2009, passando agora a ser proibidos a fabricação, importação, comercialização, distribuição, armazenamento, transporte e a propaganda de todos os dispositivos eletrônicos para fumar, inclusive de acessórios, peças e refis.

O texto aprovado em decisão colegiada também determina o reforço da fiscalização da comercialização destes produtos, além de campanhas educativas sobre os riscos de uso de cigarros eletrônicos. Segundo um levantamento da Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec) de 2023, 2,2 milhões de adultos no Brasil utilizam vapers. Em 2018, eram menos de 500 mil.

Foto: Procon Goiás

Compartilhe