Startup em Goiás cria revistas tecnológicas para crianças no espectro autista

Redação
Por Redação 62 visualizações

Uma startup em Santo Antônio do Descoberto, criou revistas tecnológicas voltadas para o aprendizado de crianças do espectro autista. A iniciativa adota recurso de realidade aumentada, desenhos de animais ganham vida quando coloridos e ativados por QR Code. Além disso, a tecnologia oferece jogos de onomatopeias, eficazes no desenvolvimento da comunicação não verbal em crianças neurodivergentes.

A startup recebeu mentoria especializada na Escola do Futuro de Goiás (EFG) Sarah Luísa Lemos Kubitschek de Oliveira, em Santo Antônio do Descoberto, por meio do ecossistema de inovação das unidades de ensino profissionalizante do governo de Goiás.

A tecnologia desenvolvida roda em dispositivos Android, sem a necessidade de conexão com a internet. Agora, o desafio é democratizar o acesso a esse recurso, por meio de parcerias e investidores.

Foto: Secti
Compartilhe