2,5 toneladas de queijos impróprios para consumo foram apreendidos durante operação

Redação
Por Redação 62 visualizações

A Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), realizou nesta sexta-feira (26/04), em Hidrolândia (GO), uma operação que resultou na apreensão de aproximadamente 2,5 toneladas de queijos, em diferentes estágios de processamento e impróprio para consumo. A ação foi realizada em uma fábrica clandestina de queijo ralado do município, após denúncia recebida por meio da Ouvidoria do Estado.

Os fiscais estiveram no local e verificaram várias irregularidades na fabricação dos queijos, que poderiam resultar em risco à saúde pública, inclusive se os produtos fossem utilizados como ingredientes em outros alimentos.

Segundo o gerente de Fiscalização Agropecuária da agência, Janilson Júnior, a fábrica exalava mau cheiro, indicando más condições de higiene e armazenamento, e os produtos eram manipulados sem os devidos cuidados sanitários, aumentando o risco de contaminação.

“A falta de controle higiênico-sanitário, como constatamos no local, pode levar à presença de bactérias patogênicas nos queijos, como Salmonella e Listeria, causando doenças graves em quem os consome. O armazenamento inadequado também pode resultar em mofos, fungos e contaminação cruzada entre os queijos”, explica.

Fonte: Agrodefesa

Compartilhe