Presidente do PSD Jovem não irá apoiar senador Vanderlan Cardoso à Prefeitura

Redação
Por Redação 57 visualizações

Na Trincheira Política – De acordo com informações do Jornal Opção, Murillo Marques de Souza, o agora, ex-presidente estadual da juventude do PSD Goiás e vice-presidente nacional da juventude do PSD, informou ao presidente estadual do partido e pré-candidato à Prefeitura de Goiânia, Vanderlan Cardoso, que não irá apoiar o projeto eleitoral do senador na capital.

Marques, que também atua como assessor especial de Francisco Jr. na Companhia de Desenvolvimento de Goiás (Codego), anunciou que acompanhará a decisão do ex-deputado em apoiar Sandro Mabel, do União Brasil (UB). Em declaração ao Jornal Opção, Marques enfatizou a importância da ideologia e do compromisso histórico do partido, no qual está desde a sua fundação.


O presidente do PSD jovem já havia desempenhado papel ativo na última eleição de Vanderlan na capital, em 2020, ao coordenar a juventude do partido. Apesar de ter anunciado a entrega do cargo à legenda, Marques continua sendo membro do partido.

Ao ser questionado sobre possíveis retaliações decorrentes de sua decisão, Marques mencionou a eleição estadual de 2022, na qual Vanderlan apoiou o Partido Liberal (PL) para o governo e indicou sua esposa, Isaura Cardoso, como suplente de Wilder Morais. Marques destacou que, na ocasião, o partido tinha um candidato ao senado, Vilmar Rocha, e Vanderlan optou por não apoiá-lo. Segundo Marques, o respeito ao momento político do partido deve ser mútuo, tal como foi demonstrado anteriormente.

Foto: Divulgação
Compartilhe